applet-magic.com
Thayer Watkins
Vale de silicone
& Aléia do furacão
EUA

Períodos do gestação e escala do animal

O período do gestação dos seres humanos é 266 dias, 8 dias short de nove meses. Muitas tais características biológicas têm uma explanação no valor evolucionário da sobrevivência dos termos. Mesmo algumas características seemingly cultural da sociedade humana têm uma explanação tão biológica. Por exemplo, em todas as sociedades derecolhimento conhecidas é os homens que fazem a caça e as mulheres o recolhimento. Não se realizava até algumas décadas há quando em ESTADOS UNIDOS os povos começaram fazer o corredor do marathon que a explanação estêve descoberta. As mulheres os corredores do marathon que os encontraram perderam seus períodos e a examinação médica revelou aquela sob o stress de ovulating parado da distância mulheres running. Em sociedades derecolhimento os caçadores cobrem aproximadamente trinta milhas um o dia, dia após o dia. Em uma sociedade em que as mulheres participaram na caça seriam poucos bebês carregados e nessa sociedade desapareceria rapidamente. Assim as únicas sociedades derecolhimento que sobreviveram teriam os homens fazer a caça e as mulheres fazer o recolhimento.

Tempting conseqüentemente tentar encontrar uma explanação biológica para o período de nove meses do gestação dos seres humanos nos termos das estações. Que hora do ano seria o mais melhor momento para bebês de ser carregado a fim maximize lá possibilidades de sobrevivência? E que hora do ano seria a mais conducive ao acoplamento humano? Na zona temperate um springtime que acopla-se conduziria aos nascimentos do midwinter que certamente não seriam o tempo optimal do nascimento. Se o springtime fosse o momento optimal para nascimentos então um período de nove meses do gestação implicaria o wintertime que acopla-se, que não é a estação que os povos assocíam com os impusos fundir. Pareceria que um período one-year do gestação daria o mais melhor ajuste entre o tempo de acoplamento e o tempo optimal do nascimento.

Mas toda a apelação ao seasonality para uma explanação do período humano do gestação é infrutífera porque os seres humanos não evoluíram em uma zona temperate. Pôde ter havido algum seasonality seco-molhado nos savannahs de África mas é incerto. E os períodos do gestação dos chimpanzés (237 dias), o gorilla (257 dias) e orangutan (260 dias) indicam que o período de nove meses aproximado do gestação predates o emergence de seres humanos como uma espécie.

Os períodos do gestação do outro animal revelam que o comprimento do período do gestação é pela maior parte uma matéria do tamanho dos specie animais. Os elefantes Asian têm um período do gestação de 645 dias e de elefantes africanos 640 dias. Os cães e outros canines têm um período do gestação de aproximadamente 60, que seja também o período para gatos. Mesmo dentro da espécie do gestação dos macacos e dos macacos o período parece ser uma matéria do tamanho. Para reso é 164 dias e babuínos 187 dias. Para animais pequenos tais como coelhos o período é aproximadamente 33 dias e para ratos aproximadamente 20 dias.

Assim faz exame uma estadia mais longa para um animal grande de tal elefante crescer um bebê do que para um animal menor tal como um rato. O bebê do animal mais grande é naturalmente mais grande mas há os recursos mais grandes do animal grande a promover que o crescimento assim que não são óbvios que uns animais mais grandes teriam uns períodos mais longos do gestação. Mas, apesar dos recursos mais grandes, faz exame de um tempo mais longo.

Parece ser uma matéria da escala. Se todas as dimensões de um animal forem dobradas o animal dobro-escalado teria oito vezes o volume e daqui oito vezes o peso do animal escalado menor. Mas a área de seção transversal do cabo umbilical através de que todos os nutrientes para crescer o bebê teriam que passar é somente quatro vezes tão grandes. Assim, em iguais circunstâncias, faria exame duas vezes tão por muito tempo para os nutrientes para o bebê maior dos oito-tempos à passagem através do cabo umbilical de uma capacidade mais grande dos quatro-tempos. A pressão de sangue no escalada acima do animal poderia ser duas vezes tão grande mas o comprimento do cabo umbilical duas vezes estaria dando tão por muito tempo duas vezes a resistência ao fluxo dos nutrientes. Assim o período do gestação deve ser proporcional à escala do animal. O volume e daqui peso de um animal é proporcional ao cubo da escala assim que a escala é proporcional à raiz de cubo do peso do animal. Isto aplicar-se-ia ao animal de tamanhos diferentes mas da mesma forma geral.

De acordo com a análise acima se uma traçar o logarítmo do período do gestação contra o logarítmo do peso das fêmeas deve haver um relacionamento linear com uma inclinação igual a 1/3.

A análise necessita ser modificada para permitir o fato que os animais menores encontram assim fácil de crescer a prole que crescem os nas macas melhor que um de cada vez. Também um necessita saber a relação do peso da prole em proporção àquele da mãe varia com tamanho animal. Para seres humanos o peso do bebê é aproximadamente 5 por cento do peso da mãe e para elefantes é aproximadamente 4 por cento. Para gatos e cães o peso da maca é uma proporção mais elevada do peso da mãe. Assim a inclinação da relação estatística entre o logarítmo do período do gestação e o logarítmo do peso seria menos de 1/3.

Os dados para um número de espécies animais são dados na tabela abaixo. Em tabulating os dados se uma fonte der a uma escala dos valores para uma referência o ponto médio da escala são usados. O peso de corpo fêmea que seria relevante estaria a um peso de corpo sem gordura. Há umas diferenças estruturais entre bipeds e quadrupeds assim que é apropriado realizar separada a análise para os dois tipos de animais. Os primatas são considerados primeiramente.

Períodos do gestação e pesos fêmeas
para alguns primatas
gestação Fêmea
Peso
log(Gest) log(wt)
Espécie (dias) (quilogramas)
humano 266 50 2.425 1.699
chimpanzé 227 40 2.356 1.602
gorilla 257 70 2.410 1.845
orangutan 260 40 2.415 1.602
babuíno 187 20 2.272 1.301
macaco, Rhesushesus 164 5 2.215 0.699
macaco, Patas 167 5.5 2.223 0.740

Estes dados dão o diagrama de scatter seguir.

A análise da regressão dá a mais melhor linha apropriada para o relacionamento estatístico como


log(Gest) = 2.075 + 0.189 (log(Wt))
 

com um coeficiente do igual da determinação (R2) a 0.9. Os resultados são prometedores. A inclinação da linha está significativamente abaixo do valor 1/3 sugerido pela análise mas aquela poderia ser esclarecida pela variação no peso do bebê como uma relação ao peso da mãe com tamanho.

Os dados para um número de quadrupeds são mostrados abaixo. Estes são os casos em que os valores estão prontamente disponíveis em uma enciclopédia.

Períodos do gestação e pesos fêmeas
para algum Quadrupeds
gestação Fêmea
Peso
log(Gest) log(wt)
Espécie (dias) (quilogramas)
vaca 284 730 2.863 2.453
bisonte 270 600 2.778 2.431
alces 245 550 2.740 2.389
lama 330 113 2.053 2.519
cabra 150 15 1.176 2.176
carneiros 148 35 1.544 2.170
urso, preto 210 295 2.470 2.322
lobo 64 40 1.602 1.806
elefante, Asian 645 4000 3.602 2.810
elefante, africano 640 5000 3.699 2.806
leão 108 150 2.176 2.033
leopardo 94 50 1.699 1.973
porco, doméstico 114 80 1.903 2.057
coelho 33 1 0 1.519

A análise da regressão dá a mais melhor linha apropriada para o relacionamento estatístico como


log(Gest) = 1.527 + 0.333 (log(Wt))
 

com um coeficiente do igual da determinação (R2) a 0.81. O valor de 0.333 é coincidência sheer. Os dados são demasiado incertos e manchados dizer que este confirma a análise precisamente. Entretanto o fato que o coeficiente é menos de 1.0 e na vizinhança de 1/3 indica que a análise é sadia e que a perseguição de mais e os dados melhores seriam de valor. A conclusão é que o período de nove meses do gestação para seres humanos é meramente uma matéria do tamanho humano e não do resultado de algum optimization evolucionário. Está toda no cabo umbilical. Os bebês são como as flores na haste do cabo umbilical. E apenas como há

A força de que através
o fusível verde
dirige a flor
(Dylan Thomas)

há a força que constrói o bebê e é sujeita às limitações do tamanho e à escala do cabo umbilical.


HOME PAGE da applet-mágica
HOME PAGE de Thayer Watkins